Deixe Seu RecadoEspaço para os Internautas

Beatriz Varella Costa, a menina de ouro e bronze!

Esta não foi sua primeira Olimpíada. Beatriz ganhou ouro da OBA (Olimpíada brasileira de astronomia) em 2020 e, na olimpíada Canguru, ganhou ouro em 2020 e bronze em 2021. Desde pequena, Beatriz começou a praticar ciclismo e corrida. Ela também se destacou, ganhando medalhas e troféus em eventos esportivos de adultos na nossa cidade de Itajubá - MG e região. Seu mérito era completar as provas de adultos mesmo em idade tão tenra, quando tinha apenas 8 e 9 anos. Isso demonstra uma capacidade de foco e persistência natos, habilidades necessárias para fazer os treinos, que são monótonos e cansativos. Veio a pandemia e o mundo virou às avessas. Beatriz deu tempo no esporte para deixar entrarem em cena as Olimpíadas do Conhecimento, para as quais, atualmente, ela está se dedicando. Beatriz é filha do engenheiro Cláudio Inácio de Almeida Costa e da cirurgiã dentista Joyce Heloisa Sarmento Varella. Segundo relatou a sua mãe, que ‘babou’ com o sucesso da filha, a premiação da Olimpíada Nacional da Ciência (ONC) foi o início de uma seqüência de eventos memoráveis: a visita em família à capital nacional, Brasília, para conhecer pessoalmente e ter oportunidade de conversar com o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, além de receber a premiação do ministro astronauta da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes; o fato de ter recebido moção congratulatória proposta pelo vereador Rafael Rodrigues e a participação em uma entrevista na rádio com Nilda Bitencourt, como uma oportunidade muito especial para incentivar outros jovens a participarem de Olimpíadas do Conhecimento.

Voltar Neste Álbum...