Últimos AcontecimentosO que acontece em Itajubá e região !

PREFEITURA CUSTEIA 17 NOVOS LEITOS DE UTI - COVID E PUBLICA DECRETO MAIS RESTRITIVO

28 Fev 2021
A Prefeitura de Itajubá trabalha de forma incansável para preservar a vida dos itajubenses frente à pandemia de Covid-19. Entre as inúmeras ações realizadas neste sábado, está a visita do Prefeito, Christian Gonçalves, e do Secretário Municipal de Saúde e Vice-Prefeito, Dr. Nilo Baracho, às áreas de Covid-19 do Hospital de Clínicas e Santa Casa. Diante da necessidade, a Prefeitura irá custear 17 novos leitos de UTI-Covid no município, sendo 10 para o Hospital e 7 para a Santa Casa.

Além disso, um novo decreto assinado prevê medidas ainda mais restritivas no município como o encerramento do atendimento presencial no comércio às 20 horas, a proibição da permanência e trânsito de pessoas nas ruas entre 20h e 5h e o uso de parques infantis e quadras pela população. Leia o decreto completo em www.itajuba.mg.gov.br

Estamos fazendo a nossa parte. É muito importante que você também faça a sua parte!

Ocupações de leitos de UTI e de enfermaria voltam a preocupar em hospitais do Sul de MG

27 Fev 2021
Em Santa Rita do Sapucaí, ocupação de UTI chegou a 100%; já em Itajubá, a ocupação de leitos de enfermaria é de 163% no Hospital de Clínicas.
Por G1 Sul de Minas

27/02/2021

A ocupação de leitos de enfermaria e de UTI por Covid-19 começa a preocupar em algumas cidades do Sul de Minas. Em Santa Rita do Sapucaí (MG), o número de leitos de UTI atingiu 100% de lotação nesta sexta-feira (26). Já em Itajubá, a taxa de ocupação na enfermaria Covid atingiu 163% no Hospital de Clínicas de Itajubá (HCI).

Conforme a prefeitura de Santa Rita do Sapucaí, 12 pacientes estão internados na cidade, o que faz com que o Hospital Antônio Moreira da Costa esteja com 100% de ocupação em leitos de UTI. Um paciente da cidade também está internado em UTI no Hospital Samuel Libânio, em Pouso Alegre.

Já em Itajubá, conforme o último boletim divulgado pelo Hospital de Clínicas, a instituição está com uma ocupação de 163,3% nas enfermarias e 95% na UTI. Sendo o hospital, 68 pacientes estão internados na instituição, sendo que 42 já testaram positivo para a Covid-19 e outros 26 aguardam o resultado de exames
Em Pouso Alegre, conforme a prefeitura, a ocupação já é de 80% para leitos de enfermaria e 90% para leitos de UTI.

Conforme os últimos dados do "Painel de Monitoramento" da Secretaria de Estado de Saúde, a ocupação atual de leitos de enfermaria no Sul de Minas é de 47,34%, enquanto a ocupação de leitos de UTI é de 70,41%. Há uma semana, a taxa de ocupação de leitos de UTI na região era de 63,10%, enquanto a de leitos de enfermaria era de 48,84%.

COVID-19 1 ANO Negação, lições sofridas e mais de 251 mil mortos marcam 1 ano de pandemia

26 Fev 2021
Na luta contra o coronavírus desde 26 de fevereiro de 2020, o Brasil tenta sem sucesso conter a velocidade da contaminação, agora, agravada pela mutação.

Aquela parecia ser só mais uma semana de carnaval. Pelas ruas, aglomerações, batuques, sorrisos e danças. Contudo, a quarta-feira de cinzas deu um sombrio sinal, com o primeiro caso de contaminação pelo novo coronavírus em solo brasileiro.


O dia 26 de fevereiro de 2020 foi o ato de largada da árdua batalha contra a COVID-19 – saga que o país ainda enfrenta. Um ano depois que a doença se instalou, a situação é crítica, e as mutações que se espalham pelos estados ajudam a dar forma ao pior momento da luta.

O vírus já provocou 251.498 mortes e o número de óbitos registrados ontem, 1.541, foi a segunda maior marca durante a pandemia. O dramático recorde só não foi maior que o ocorrido em 29 de julho de 2020, quando 1.595 vidas foram perdidas no país, segundo os dados do Ministério da Saúde.

O número de infectados alcança 10.390.461, sendo 66.988 novos casos em 24 horas. Em patamar alarmante, a média móvel de óbitos diários está acima de mil há mais de um mês. Nessa quinta-feira (25/02), alcançou 1.582 registros, segundo recorde seguido.

A vacina surgiu como sopro de esperança mundial, mas no Brasil persiste a lentidão e a escassez de imunizantes, uma vez que o governo brasileiro ficou para trás na disputa junto aos laboratórios. O país não passou até agora de 6,3 milhões de doses aplicadas, o que não alcança 3% da população com uma primeira ampola.

Fonte:
Guilherme Peixoto - Jornal Estado de Minas
26/02/2021

COVID-19: DECRETO ESTABELECE MEDIDAS RESTRITIVAS EM ITAJUBÁ

23 Fev 2021
Com o aumento significativo do número de casos confirmados de Covid-19 em Itajubá e a crescente demanda pela ocupação de leitos disponíveis na rede hospitalar do município, o Prefeito Christian Gonçalves assinou, na tarde desta terça-feira, 23 de fevereiro, o decreto nº 8320/2021, que estabelece medidas restritivas de combate à pandemia na cidade.

O novo decreto estabelece que bares e restaurantes deverão encerrar as suas atividades presenciais às 22h e que a população não poderá circular nas ruas entre 23h e 5h, além de outras medidas. Ele tem validade até o dia 8 de março, data em que será revisto. Acesse-o na íntegra: www.itajuba.mg.gov.br