Últimos AcontecimentosO que acontece em Itajubá e região !

Procon autua duas revendas de gás de cozinha no município

30 Mai 2018
Publicado por SECOM em: 30/05/2018


Em ação de fiscalização realizada na última 6ª feira dia 25/05/18, o Procon da Prefeitura de Itajubá fiscalizou 12 revendas de gás de cozinha do município e autuou duas por prática de preços abusivos na venda do produto.

O Procon esclarece que houve redução no preço do botijão de gás de 13k pela Petrobras de 4,4% nas distribuidoras no mês de abril e não houve aumento no mês de maio, portanto, não há justificativas para o aumento do preço gás nesse momento de desabastecimento geral.

O Procon determinou ainda a imediata redução do valor das revendas autuadas para o valor da última pesquisa de preços realizada pelo Procon, o que foi acatado pelos fornecedores. (confira abaixo a pesquisa de 30/05/18)

O Procon esclarece que constitui prática abusiva vedada pelo Código do Consumidor no art. 39, V e X, o aumento ou a manipulação do preço dos produtos por conta da falta do mesmo ou em situações de calamidade.

Em casos de abuso no preço em razão da falta de produtos o Procon orienta que o consumidor faça a denuncia ou compareça ao órgão para registro formal de reclamação.

As práticas abusivas ocorrem nos casos em que há elevação injustificada do preço aproveitando-se de uma determinada situação, podendo inclusive incorrer em prática de crime contra as relações de consumo (Lei 8.137/90) e contra economia popular (Lei 1.521/51).

As fiscalizações continuam e as denúncias podem se encaminhadas para os canais do Procon: Telefone: 36921761, 36921804 / E-mail: procon@itajuba.mg.gov.br, ou procondeitajuba@gmail.com

Confira aqui a PESQUISA DE PREÇOS DE GÁS DE COZINHA NO DIA 30 DE MAIO


Levantamento do Oficial Procon 30/05/18 das 10h-13h

Lista de Revendedores de Gás disponíveis:

- Chama Gás - Bairro Nossa Senhora de Fátima: R$ 63,00 retirada
- Disk Água Sete Ouro - Bairro Santos Dumont: R$ 65,00 retirada
- Gás Forte - Bairro Boa Vista: R$ 68,00 retirada
- Fornecedora de Gás Itajubá (ServeGásBrás) - Bairro São Judas Tadeu: R$ 63,00 retirada
- Gás nacional - Bairro Santos Dumont: R$ 65,00 retirada

Demais fornecedoras de Gás ainda indisponíveis. As empresas não estão realizando entregas por falta de combustível.

São acompanhadas pelo Procon o preço de 17 revendas de gás de cozinha no município.

Profissionais criam Grupo de Desenvolvedores Google de Itajubá

29 Mai 2018
Desenvolvedores, designers e entusiastas por inovação e tecnologia criaram o Grupo de Desenvolvedores Google (GDG) de Itajubá. O objetivo central é disseminar as melhores práticas e partilhar conhecimento sobre as novas tecnologias.

Boa parte do grupo é formados por profissionais que atuam nas empresas que integram o programa de incubação da INCIT (Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Itajubá).



“O grupo nasceu bem antes dessa nossa filiação ao GDG. A gente se reuniu porque sentimos a necessidade de criar uma comunidade de desenvolvedores na qual pudéssemos trocar experiências, aprender mais um com o outro”, explicou um dos membros do GDG Itajubá, Yago Toledo Lima , sócio da startup Ypoos.

Essa primeira comunidade, conhecida como We INCIT Dev, realizou uma série de encontros, denominados WeINCIT Meetup Talks, um espaço informal para esse bate-papo entre desenvolvedores. O primeiro aconteceu em 2 de setembro do ano passado, quando foram discutidos dois temas: “Marketplaces em Java” e “Startup Lifestyle”.

Desde então, já foram realizados outros três encontros, que acontecem sempre aos sábados de manhã. “Com o passar do tempo, a gente buscou e conseguiu a filiação ao GDG, uma iniciativa que acontece em várias cidades brasileiras”, completou.

O último encontro do grupo aconteceu em 26 de maio e teve como tema “Scrum para Desenvolvedores”. A palestra foi ministrada por Guilherme Xavier Ferreira, que trabalha com sistemas web em Itajubá desde 2011 – ele já trabalhou nas empresas B2ML Sistemas e RZX Tecnologia e, atualmente, é desenvolvedor front-end na DDMX Inteligência em Análise de Dados e mestrando em Ciência e Tecnologia da Computação pela Universidade Federal de Itajubá (Unifei).

Por/ Bill Souza - Agência Contexto

Convênio firmado entre Unifei, Vale e Fapepe possibilita a compra de equipamento único no Brasil

28 Mai 2018
A Universidade Federal de Itajubá (Unifei), campus de Itabira, realizou o treinamento para uso do AsphaltQube, equipamento importado da Itália e único no país. O investimento no aparelho foi feito com recursos do convênio assinado entre a Unifei, a empresa Vale e a Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão de Itajubá (Fapepe), em 2017, para o qual foram destinados cerca de R$ 3 milhões voltados a estudos da aplicação do rejeito de flotação de minério de ferro em pavimentos asfálticos.

O treinamento foi conduzido por Lyndon Tan, engenheiro da IPC Global, de Melbourne, Austrália, e especialista no aparelho e seus ensaios. O AsphaltQube chegou ao campus de Itabira para ser utilizado principalmente em análises laboratoriais relativas a misturas asfálticas, objeto de estudo do convênio, bem como nas áreas de pesquisa e pós-graduação.

Seu principal diferencial está no sistema de aplicação de cargas, que é servo elétrico, enquanto o sistema dos principais equipamentos nacionais é pneumático. Os parâmetros obtidos pelos resultados dos ensaios permitem avaliar características relacionadas ao desempenho de misturas asfálticas e deformabilidades.

“A finalidade é proporcionar aos participantes os conhecimentos necessários para utilização do equipamento. Servidores e alunos envolvidos puderam estender seus conhecimentos em testes de laboratórios com misturas asfálticas, de maneira que esse aprendizado possa ser transferido a outros alunos”, destacou o professor Sérgio Soncim, coordenador do projeto.

O docente também enfatizou a importância do convênio firmado entre a Unifei, a Vale e a Fapepe. “É um acordo fundamental tanto para a Universidade quanto para Itabira, pois ele garante o desenvolvimento de estudos que visam elevar o status do rejeito de minério para subproduto, tornando-o viável para uso em obras de pavimentação”, disse ele.

Foto: Lyndon Tan; Sérgio Soncin, à esquerda de Lyndon, e outros participantes de capacitação.

Fonte: Secom - UNIFEI

Polícia Militar age rápido e prende suspeito de furtos no comércio

26 Mai 2018
Corporação destaca ainda a importância de ações preventivas para se evitar crimes



Medidas simples de segurança, como a instalação de alarmes e de câmeras de vigilância, ajudam a reduzir o número de roubos e furtos em casas e estabelecimentos comerciais de Itajubá. Outra ação importante é a participação nas Redes de Comerciantes Protegidos, programa desenvolvido em parceria com a Polícia Militar.

A opinião é do capitão Júlio César Alves Rosa, comandante da 262ª Companhia da Polícia Militar de Itajubá, que participou da reunião semanal do Conselho Consultivo da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), realizada nesta quarta-feira, 23 de maio.



Ele foi convidado a falar com os empresários depois de uma série de furtos, registrada na madrugada do dia 23, na região central do município. Um dos suspeitos pelos furtos foi preso ainda na manhã de quarta-feira, em uma ação rápida e coordenada da Polícia Militar.



“Temos que enaltecer a presteza e agilidade da Polícia Militar que, em poucas horas, identificou e prendou o suspeito dos furtos nos estabelecimentos comerciais do centro da cidade. A ação mostra a capacidade da corporação em resolver problemas como esse”, disse o presidente da CDL, Georges Kallás, durante o encontro do Conselho Consultivo.



Prevenção

“Toda ação preventiva é bem-vinda e traz resultados importantes no combate à criminalidade. Por esse motivo, sempre ressaltamos a importância da parceria com o comércio por meio das redes protegidas”, destacou o capitão.



De acordo com o policial, medidas de segurança, como alarmes, é um fator que inibe a ação de criminosos. Já a instalação de câmeras de segurança auxilia a PM a identificar os autores e a agir com mais rapidez em casos de furto e roubo.



Ele destacou ainda que as rondas ostensivas e a presença constante da PM também contribuem para a redução de crimes. Como exemplo, citou os bons resultados durante a Exposição Agropecuária de Itajubá: o número de furtos caiu de 23, registrado em 2017, para apenas 3 casos.



Fonte: Bill Souza - Agência Contexto

Unifei faz cessão de terreno de 458 mil metros quadrados à INOVAi

24 Mai 2018
Autoridades municipais e federais participaram da assinatura do Termo de Cessão da área de expansão da Universidade Federal de Itajubá (Unifei), de 458 mil m², para a INOVAi – Associação Itajubense de Inovação e Empreendedorismo (INOVAi), entidade responsável pela implantação e gestão do Parque Científico e Tecnológico da cidade.

Durante a cerimônia, realizada na Unifei, também foi assinado o Termo de Cessão para uso temporário das dependências do Complexo Histórico e Cultural da universidade – Prédio Central pela Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Itajubá (INCIT), uma das unidades que compõem o ecossistema de empreendedorismo e inovação do município.



Durante seu discurso, o reitor da Unifei, professor Dagoberto Alves de Almeida, comentou sobre a importância de pessoas que, com suas atitudes, estão influenciando positivamente a história da humanidade e transformando gerações, como é o caso dos integrantes das entidades que compõem a INOVAi. Ele também citou a troca de correspondências mantida recentemente com o ex-ministro Marco Antônio Raupp, que parabenizou a Unifei por seu papel na concretização do Parque Científico Tecnológico de Itajubá.



Já o prefeito municipal, Rodrigo Riêra, disse que o ato da assinatura do Termo de Cessão do terreno para a INOVAi era um dos mais importantes acontecimentos da história itajubense e que a iniciativa da Unifei iria mudar o presente e o futuro do município. “Este é um dos maiores investimentos feitos em Itajubá, que será outra cidade, para melhor, a partir de agora”, afirmou.



O Termo de Cessão da área de expansão da Unifei para o Parque Científico e Tecnológico de Itajubá, que deverá ser gerido pela INOVAi, havia sido aprovado, por unanimidade, durante a 5ª Reunião Extraordinária do Conselho Universitário (Consuni) da Unifei, realizada em 7 de maio.



Ecossistema

Participaram da cerimônia, pela Unifei, o reitor Dagoberto Alves de Almeida; José Arnaldo Barra Montevechi, chefe de Gabinete da Reitoria; Edson de Oliveira Pamplona; pró-reitor de Extensão; Marcos Aurélio de Souza, um dos representantes da Unifei na INOVAi; Carlos Henrique Pereira Mello, Diretor de Extensão Tecnológica e Empresarial da Proex; e Juliana Caminha Noronha, do Centro de Empreendedorismo Unifei (CEU).



Também estiveram presentes, pela Prefeitura Municipal de Itajubá, o prefeito, Rodrigo Imar Martinez Riera; o vice-prefeito, Christian Gonçalves Tiburzio e Silva; e a diretora do Departamento de Desenvolvimento Industrial e Comercial da Secretaria Municipal de Ciências, Tecnologia, Indústria e Comércio, Maria Sírcia de Sousa.



Outros participantes Da solenidade foram: pelo Sebrae Minas, a analista técnica Bárbara Sarto; pela Regional Sul da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG), o presidente André Luiz Martins Gesualdi; pela INOVAi, o diretor geral, Maurício de Pinho Bitencourt, e o diretor de Inovação, Carlos Vitor Rodrigues Conti; e, pela Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas do Sul de Minas (FACESM), os professores Cirineu Ferreira dos Santos, Ronaldo Sales Abranches e Hector Gustavo Arango.



Sobre a INOVAi

A Associação Itajubense de Inovação e Empreendedorismo (Inovai) foi criada em agosto de 2017, por um consenso entre entidades dos governos federal, estadual e do município de Itajubá, bem como associações de classe dos setores da indústria, comércio e serviços e instituições de ensino, por entenderem que Itajubá possui mecanismos de geração de renda e de empregos baseados na ciência, tecnologia e inovação.



A associação tem como sócios fundadores a Unifei, a Associação Comercial, Empresarial e Industrial de Itajubá (Aciei), a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Itajubá, a Facesm, a PMI, a Sedectes e o Simmmei. Segundo seus idealizadores, a Inovai nasceu para catalisar a interação entre os principais agentes de desenvolvimento do ecossistema de inovação de Itajubá, propondo rotas, explorando potencialidades e gerando oportunidades.



A Inovai se propõe a gerir, de forma colaborativa, ações e atividades de inovação e empreendedorismo, como incubação de empresas de base tecnológica, aceleradoras, parque científico e gestão de projetos de ciência, tecnologia e inovação, dentre outras atividades que possam gerar negócios em Itajubá.

Fonte:Bill Souza - Agência Contexto | Assessoria em Comunicação