20/06/2024

UNIFEI conquista dois dos quatro títulos em disputas de e-sports da 8ª Copa Inter Atléticas


A Blue Rabbits, equipe de e-sports (esportes eletrônicos) da Atlética UNIFEI, conquistou posições de destaque na 8ª edição da Copa Inter Atléticas (CIA), realizada de 30 de maio a 2 de junho na Univerdecidade, em Uberaba – MG. A competição reuniu 45 equipes e 282 competidores, que participaram de jogos como Valorant, EA Sports FC24, League of Legends (LoL) e Counter-Strike, demonstrando habilidade, estratégia e determinação em cada partida.

No jogo Valorant, disputaram 11 equipes, com destaque para o primeiro lugar conquistado pela equipe Blue Rabbits, da Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI). Em segundo lugar ficou o Grifo da Engenharia, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), e em terceiro, a Xarada das Engenharias, da Universidade Federal de Lavras (UFLA).

No jogo League of Legends (LoL), houve a participação de 12 equipes, e a UNIFEI conquistou novamente o primeiro lugar, seguida pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), na segunda posição, e o Grifo da Engenharia da UFMG, como terceiro colocado.

Na categoria EA Sports FC 24, participaram 13 equipes, sendo que a Maquinada das Engenharias, da Universidade de Brasília (UnB), garantiu o primeiro lugar. A segunda colocação ficou com a equipe do Direito da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), e a Blue Rabitts da UNIFEI conquistou o terceiro lugar.

Já no Counter-Strike 2, nove equipes competiram. O Grifo da Engenharia, da UFMG, alcançou a primeira posição e a Fundação Mineira de Educação e Cultura (FUMEC) ficou em segundo lugar, enquanto o Xarada das Engenharias, da UFLA, garantiu o terceiro lugar.

Confira mais detalhes sobre a competição em:

ciaesports.com.br

https://ge.globo.com/mg/triangulo-mineiro/especial-publicitario/exp-producoes/copa-inter-atleticas-cia/noticia/2024/06/10/um

E-sports na UNIFEI

A equipe Blue Rabbits conquistou a Copa Inter Atléticas e mostra o crescimento dos esportes eletrônicos na UNIFEI. A Atlética é a responsável por gerenciar os e-sports, administrando onze equipes por meio de um grupo de sete integrantes. Este esforço coordenado tem levado a Universidade a se destacar em diversas competições, atraindo estudantes e aprimorando suas habilidades cognitivas e de raciocínio.

A inclusão dos esportes eletrônicos no portfólio de atividades da Atlética reflete a capacidade da UNIFEI de se adaptar a novas formas de esportes e entretenimento. Segundo os integrantes da Blue Rabbits, os e-sports promovem o desenvolvimento de habilidades sociais e oferecem suporte pedagógico, elevando a Universidade no cenário competitivo e atraindo novos talentos.

Desde 2019, a Atlética UNIFEI tem participado da CIA, alcançando boas colocações. Em 2023, a equipe conquistou o 1º lugar na 2ª divisão, o que a levou para a 1ª divisão. Em 2024, seus integrantes decidiram expandir sua atuação para incluir também os e-sports. A realização das disputas de forma on-line foi um fator facilitador significativo, pois permitiu a participação de jogadores que, de outra forma, não teriam condições de competir presencialmente devido a limitações logísticas e de infraestrutura.

As equipes de e-sports da UNIFEI também já se destacaram em outras competições como o Encontro Desportivo Universitário (EDUNI), os Jogos do INATEL (JUTEL) e os Jogos Universitários Mineiros (JUMs), nos quais conseguiram vagas para os Jogos Universitários Brasileiros (JUBs).

Experiências

João Guilherme, aluno do curso de Sistemas de Informação da UNIFEI e diretor da equipe de League of Legends da Blue Rabbits, desde 2023, compartilhou sua experiência nas competições de que tem participado.

Ele revelou que sempre se identificou com liderança e organização e, ao longo da sua jornada com o jogo, adquiriu experiência suficiente para tomar a frente do projeto e fazer com que a equipe fosse reconhecida na região. “Desde então, através de processos seletivos, reformulamos nossa equipe e estrutura para conseguirmos nos adequar ao cenário competitivo universitário. O meu intuito sempre foi de que tivéssemos uma equipe competitiva em nível nacional”, contou João.

O estudante relatou que, depois de muito esforço e treinamento, conseguiu montar uma equipe de destaque na região, conquistando todos os torneios disputados desde sua reformulação. “Destaco o título dos Jogos Universitários Mineiros (JUMS), quando nos tornamos o melhor time de Minas Gerais e conquistamos uma vaga para o campeonato nacional. Nosso último título foi o da Copa Inter Atléticas (CIA), um campeonato com equipes de diversos estados do Brasil”, ressaltou.

Segundo João, toda essa jornada foi gratificante, mas, com certeza, desafiadora. “Por muito tempo, realizamos nossos treinamentos sempre a partir das 23 horas, indo até as 2 da manhã. Contudo, me orgulho de como nos fortalecemos e nos tornamos uma equipe com o decorrer do tempo. Onde chegamos foi fruto de nosso esforço nesse período”, disse.

A aluna Beatriz Bassoli, do curso de Engenharia Civil e diretora da equipe de Valorant da Blue Rabbits, também compartilhou suas experiências, afirmando que ter ganhado a CIA foi uma grande conquista para o time, que passou por mudança de players e estrutura. “Apesar de todas as dificuldades, não medimos esforços para colocar o nome da UNIFEI no topo e, com a dedicação e empenho dos meninos, trouxemos esse título para casa. Como DM, acompanho os players, os treinos e os campeonatos com o intuito de nos manter sempre unidos e prontos para qualquer desafio! É um prazer fazer parte da Blue Rabbits da UNIFEI, e ainda vamos trazer muitos títulos”, disse a estudante.

Desafios e superações

Os membros das equipes de e-sports da Atlética UNIFEI destacam que, apesar das dificuldades enfrentadas, a dedicação e a vontade de representar a UNIFEI são os principais motores que mantêm as equipes motivadas e competitivas. Esse esforço coletivo não apenas resulta em vitórias, mas também fortalece o senso de comunidade e pertencimento entre os estudantes.

Segundo eles, com a crescente popularização dos e-sports, a UNIFEI está bem posicionada para continuar liderando esse movimento e, por isso, investimentos em infraestrutura, treinamento e apoio aos atletas de modalidades eletrônicas são fundamentais para sustentar e expandir esse sucesso.

Para os competidores, a inclusão dos e-sports no portfólio de atividades da Atlética UNIFEI reflete uma visão inclusiva da Educação, em que diferentes talentos e interesses encontram espaço para se desenvolver, e que os recentes triunfos da Blue Rabbits são apenas o começo.

Por/ Secretaria de Comunicação
Universidade Federal de Itajubá
(35) 3629-1130/1376

Mais Notícias...

19/07/2024
Filho de Lula xinga Janja em mensagem no WhatsApp
18/07/2024
Quem é a aluna brasileira de 17 anos que desponta como uma das 50 melhores do mundo
17/07/2024
Com viagra eletrônico, brasileiro quer acabar com constrangimento de homens com disfunção erétil na hora do sexo
17/07/2024
Professor da UNIFEI é coautor de novo livro sobre proteção solar na América Latina
16/07/2024
Elon Musk ameaça tirar X e SpaceX da Califórnia em resposta a lei que protege pessoas trans
15/07/2024
Aplaudida de pé em Wimbledon: leitura labial mostra reações de Kate
14/07/2024
Quem era Corey Comperatore, vítima de ataque a tiros contra Trump
13/07/2024
Casamento às Cegas: polícia de SP investiga participante por estupro
13/07/2024
Trump é retirado de comício após sons de tiros
12/07/2024
Decisão judicial libera Alec Baldwin em caso de homicídio culposo
    Casa Joka Institucional l
    Gustavo Almeida
    Unimev Itajubá
    Riera Turismo
    Colégio XIX de Março
    Instituto Mário Bragança - Castelo do Saber Itajubá
Precisa de ajuda? Converse conosco!